Tag: Energia Fotovoltaica

Recent Posts

China inova com Usina de Energia Solar em Formato de Panda

Geração de Energia Solar – como a China chamou atenção para o setor

 Usina Solar Formato Panda

Um dos grandes investidores mundiais, a China resolveu  chamar atenção para o setor  de energia solar indo além de seus benefícios ao meio ambiente.

Para isso, inpirou-se no animal mais adorado do país e amado mundialmente, o urso panda, para promover energia limpa para a juventude chinesa almejando ensinar aos jovens sobre energia sustentável.

Um dos principais investidores e operadores de energia solar da  China, o grupo China Merchants New Energy (CMNE)  assinou um acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) afim de construir centrais solares com formato de ursos panda.

A divisão  Panda Green Energy inaugurou a usina cuja capacidade de produção atual atinge os 50MW, que seriam suficientes para atender mais de 8 mil famílias.

O projeto está situado em Datong, cidade na província de Shanxi, ao norte da China.
Foram utilizados dois tipos de painéis solares, células fotovoltaicas de película fina branca e células fotovoltaicas de silício monocristalino preto (o posicionamento e o contraste das cores dá o desenho do animal quando visto de cima).

A usina de energia solar com sua planta em formato de urso panda foi projetada para despertar nos jovens e crianças o interesse por aplicações na área da sustentabilidade, além do incentivo  turístico que um projeto desses pode gerar.

A capacidade inicial é de 50MW  com a expectativa de  quando o projeto  estiver completo, a usina gere 100MW produzindo em torno de 3,2 bilhões de kWh de energia solar no periodo de 25 anos,Estima-se que a eletricidade gerada pela central contribua para a redução de aproximadamente 60 mil toneladas de emissões de dióxido de carbono (CO2)  por ano.

A transformação da matriz energética chinesa avançou bastante no último ano alcançando novo recorde mundial em energia solar, com 33,2 gigawatts (GW) instalados mais que o dobro do recorde anterior de 15 GW instalados em 2015, record esse que também pertencia á China.

A Panda Green Energy almeja construir usinas semelhantes em outros países da Ásia Central e do Sudeste Asiático.

Até 2020, a China planeja investir US$ 360 bilhões aumentando a participação das renováveis na sua matriz energética, impulsionando novos empregos e o desenvolvimento tecnológico.

Paineis de Energia Fotovoltaica

Sabia que você pode se especializar e atuar como profissional / empreendedor na área que tende a crescer muito nos próximos anos?

Quer apenas aprender tudo e realizar você mesmo a instalação em sua propriedade, adquirindo o equipamento á preço de revendedor e economizando a mão de obra?

→ Clique AQUI ← e veja a Análise Completa sobre como trabalhar com Energia Solar!

 

Que tal compartilhar esse artigo com seus amigos que de alguma forma possam ser beneficiados com essa informação?

 

Queda nos Custos de Energia Solar e Eólica Estimula Geração mais Limpa

Relatório anual da Bloomberg prevê crescimento no Setor de Energia Solar / Eólica

De acordo com relatório anual da Bloomberg New Energy Finance é previsto que o mundo invista cerca de US$ 10 trilhões em novas formas de tecnologia de geração até o ano de 2040 e estima-se que 75% desse valor  seja voltado para o setor de Energias Renováveis . É a previsão da edição 2017 do relatório New Energy Outlook (NEO).

Mesmo com as altas cifras, o estudo calcula que seria preciso investir ainda mais em tecnologias verdes para diminuir as emissões de gases que causam o efeito estufa na atmosfera e evitar mudanças climáticas tão perigosas para o planeta.

Seria necessário então, um investimento adicional em torno de US$ 5,3 trilhões em ações de redução de emissões para manter a Terra no caminho seguro.

Ainda assim, muitas tendências prometem sacudir o cenário energético mundial nos próximos anos, segundo o estudo da BNEF.

Crescimento da energia solar e eólica

Segundo o relatório, as fontes eólica e solar representarão 34% da geração de eletricidade até 2040,  ( são 5% atualmente). Mais US$ 7,4 trilhões deverão ser investidos em novas usinas de energia renovável,  72% dos US$ 10,2 trilhões em investimentos projetados para pro de energia em todo o mundo. A energia solar levará US$ 2,8 trilhões e a eólica receberá US$ 3,3 trilhões.

Painéis fotovoltaicos ganharão mais mercado

O custo da energia solar fotovoltaica que hoje é um quarto do que era em 2009, deverá baixar outros 66% até 2040. Até lá, um dólar comprará 2,3 vezes mais energia solar do que hoje, pelos cálculos da Bnef. Até 2040, os painéis residenciais representarão até 24% da eletricidade na Austrália, 20% no Brasil, 15% na Alemanha, 12% no Japão e 5% nos EUA e na Índia.

Os custos de energia eólica cairão rapidamente

Os custos da energia eólica em alto mar (offshore) cairão impressionantes 71% até 2040, puxados pela competição, risco reduzido e economia de escala resultantes de projetos e turbinas cada vez maiores. O custo da energia eólica onshore cairá 47% no mesmo período, graças a turbinas mais baratas e eficientes e á simplicidade na  de operação e manutenção que deve ser implementada.

Sistemas de armazenamento (Baterias) serão essenciais

Os analistas da Bnef estimam também que o mercado de baterias de íon de lítio para estocagem de energia produzida deve provocar investimentos da ordem de US$ 239 bilhões até 2040. As baterias produzidas em grande quantidade devem competir cada vez mais com o gás natural como alternativa ao sistema em horários de pico. As baterias menores, instaladas em residências e empresas ao lado dos sistemas fotovoltaicos, representarão 57% do armazenamento em todo o mundo até 2040.

Veículos elétricos forçarão a busca por novas fontes

De acordo com a Bnef, os automóveis elétricos farão crescer a demanda por novas fontes de energia para equilibrar a matriz. Na Europa e nos EUA, os veículos elétricos representarão 13% e 12%, respectivamente, da demanda por eletricidade até 2040. E mais: o aumento na frota dos veículos elétricos deve reduzir o custo das baterias de íon de lítio, provocando uma queda de 73% até 2030.

Geração de energia com carvão colapsará na Europa e nos EUA

A baixa demanda, o baixo custo das energias renováveis e maior consumo de gás reduzirão o uso de carvão em 87% na Europa até 2040. Nos EUA, o uso de carvão como fonte de geração de energia cairá 45%, já que as plantas antigas não devem ser alteradas e outras começarão a produzir utilizando o gás mais barato. A geração de carvão na China crescerá 20% nos próximos 10 anos, atingindo seu ápice em 2026. Mundialmente, a demanda por carvão para geração de energia deve dimiuir 15% até 2040.

Emissões do setor de energia alcançarão ápice em 2026

As emissões de CO2 pelo setor energético aumentarão em um décimo até chegar ao ápice em 2026. Mesmo assim, até 2040 as emissões terão caído apenas 4% abaixo dos níveis atuais, o que ainda não será suficiente para evitar um aumento da temperatura global acima de 2°C até o final do século. Seria preciso investimento extra de US$ 5,3 trilhões em ações de redução de emissões para manter o planeta na rota segura.

As expectativas de crescimento no setor são extremamente otimistas então, é o melhor momento para ingressar nessa área.

 

Clique abaixo ↓ para Saber mais sobre:

O Que são e Como Funcionam os Painéis Solares ?

 

Gostou desse Artigo? Compartilhe com seus amigos que possam ter interesse em conhecer mais sobre esse fantástico Mercado e Oportunidade de Trabalho e/ou Investimento em 2017.